Introdução à Escultura Digital

Assuntos discutidos no tutorial:

  • Ferramentas de escultura
  • Topologia dinâmca X Multresolution
  • Máscaras
  • Matcap
  • Processo de escultura

 

Textura de pele citada no vídeo:

Pele

Essa e outas texturas podem sem encontradas aqui gratuitamente.

 

Multresolution X Dyntopo

 

multresolution

Objeto esculpido utilizando Multresolution a partir de um objeto base

O modificador muiltresolution permite adicionar densidade de malha a qualquer objeto, com ele temos a vantagem de que podemos esculpir sem “estragar” a malha do objeto, ela permanece intacta e podemos fazer a texturização sem problemas.

modificador-multresolution

Do outro lado temos o Dyntopo, que também nos dá densidade de malha para esculpir, a grande vantagem em se utilizar este modo é que não precisamos de um objeto base para esculpir.

Mas em compensação a malha gerada pelo dyntopo torna inviável a texturização (uv) ou a animação, necessitando então a refação da malha (retopologia).

dyntopo

Objeto esculpido utilizando o Dyntopo a partir de uma esfera

Retopologia

Sobre esse tema eu já fiz um tutorial, veja no link abaixo onde eu ensino como refazer a malha.

topologia-thumb

Introdução à Retopologia

 

Timelapse com música de fundo:

 

Dúvidas e sugestões nos comentários. 🙂

Eduardo Garcia

Formado em Desenvolvimento de Sistemas. Utiliza o design e a programação como ferramenta de criação.  Freelancer à 5 anos atendendo empresas por todo o Brasil. Professor por amor a disseminação de conhecimento.

Comentários

61 respostas para “Introdução à Escultura Digital”

  1. Alisson Monteiro disse:

    O que eu estava esperando…o/ modelar com Blender assim como no Zbrush, de forma mais profissional. Muito obrigado mesmo Eduardo

  2. rodrigo rodrigues disse:

    cara, pra que zbrush, blender é foda.

  3. Alisson Monteiro disse:

    Blender e foda mesmo Rodrigo Rodrigues….essa é a palavra!!!

  4. Alisson Monteiro disse:

    Sou novato com o Blender, e gostaria de uma ajuda. Como posso utilizar uma estrutura de rigging que fiz em um personagem, em um outro projeto???

    Desde já agradeço. Vlw!

    • Eduardo Garcia disse:

      I aí Alisson!

      vá em File -> Append e navegue dentro do arquivo blend buscando pela a arrmature que você quer reutilizar e a importe para dentro do arquivo atual.

      O processo de assimilação dos bones à nova malha tem que ser refeita.

      Espero que isso ajude 🙂

      • Alisson Monteiro disse:

        Blz…Eduardo, mas só p/ eu entender. Vou importar somente os bones estruturados, sem links entre eles e isso???

      • Eduardo Garcia disse:

        Os links e as relações de hierarquia entre eles vão ser importados, o que muda é que vc vai ter que assimilar essa armatura a nova malha.

  5. De Trás Para Frente disse:

    Cara, esta sendo sensacional acompanhar o projeto (muito bem estruturado) que você tem feito aqui no BlenderPower, a um ano atrás quando decidi iniciar no Blender tive muita dificuldade já que os portais BR a respeito estavam todos desatualizados e grande parte inativos, o que dificultou muito as coisas pois tive que virar minhas atenções para sites como O BlenderGuru e BlenderNation. Hoje fico feliz em aprender ainda mais aqui e saber que agora os próximos que iniciarem no Blender, poderão contar com um trabalho de qualidade e de fácil entendimento. Continue com o ótimo trabalho e até mais ^^.

  6. Eduardo Teixeira disse:

    sempre que vejo as esculturas imagino em pedaços de carne (por serem vermelhas), aproveitando para perguntar, essa tonalidade vermelha é de todas/maioria das ferramentas de escultura ou é uma caracteristica do blender?

  7. Eduardo Teixeira disse:

    cara, excelente o tutorial

    Só faltou citar um pequeno detalhe, a possibilidade de usar uma imagem de referência ao fundo (do mesmo jeito que no modo edição).

  8. Edu,

    Ficou bom o tuto e principalmente o modelo final.
    Vou assistir de novo para ver algumas partes (primeira vez assisti sem áudio).
    Voce ate deu uma passada no meu topico – http://www.blender.com.br/index.php?option=com_kunena&view=topic&catid=3&id=135404&Itemid=55 – , vou rever conceitos e tentar uma nova escultura.

    Valeu por compartilhar !

  9. Gabriel Pereira da Conceição disse:

    Bom, não está, nenhum pouco, perto do que eu desejava, mas tá ai! Foi o que eu consegui… e de boa não ia nem chegar perto disso se não fosse seus tutoriais, cara! XD Brigadão!

  10. Arroz disse:

    Cara valeu mesmo sempre vivia vendo tutoriais em ingles sempre me ralando usando tradutor online do youtube kk , mais com os seus tutoriais fica muito mais fácil de aprender, olha só o dragão que eu fis

  11. Alisson Monteiro disse:

    Bom dia Eduardo. Tenho muitas dúvidas e gostaria de compartilhar algumas com vc. A primeira e em relação ao render, como pode ver na imagem existe alguns pixels de outra cor, ou seja não está ”lisinho”, uniforme totalmente. Está imagem está com 400 samples.

  12. Alisson Monteiro disse:

    Só não conseguir enviar a imagem ta dando erro, e não é o tamanho da imagem

  13. O Skype roubando a cena… muito boa a aula! 😀

  14. Edu, uma duvida.
    A partir de um certo momento da escultura eu posso “subdividir” ela quando estou usando Dyntopo ?

    Minha dúvida é porque em um determinado momento dos trabalhos com Dyntopo, eu já tenho a forma desejada, mas queria colocar mais detalhes (usando brushes por exemplo), mas o ideal para o meu caso seria realmente tornar a malha do objeto inteiro mais complexo.

    Detalhe: não estou falando de ir para o retopo, mas sim de detalhar mais a escultura a partir de um certo momento mas tendo uma malha complexa o suficiente para permitir bons níveis de detalhe

    • Gabriel Pereira da Conceição disse:

      Bom, eu não sei se estou certo. Mas conforme eu ia esculpindo e aumentando o detalhamento, a ferramenta smooth tratava de subdividir malha menos densa. Então acredito q sim

      • Eduardo Garcia disse:

        Maurício, tem uma opção chamada Detail Flood Fill, que aplica a densidade escolhida na malha inteira de uma vez, se eu entendi bem.

        Gabriel, o smooth padrão não subdivide a malha, acho que nem ele nem o Grab, ai pra conseguir detalhes eu pego outro brush, passo de leve só pra subdividir depois suavizo como smooth.

      • Gabriel Pereira da Conceição disse:

        ok, bom, aproveitando que você ta aqui, me diz uma coisinha? Assim, eu criei uma cabeça bastante detalhada (tem uns 54MB) e ta travando Blender MUITO… impedindo de esculpir o resto, o que tu acha que eu posso fazer?

      • Eduardo Garcia disse:

        Eu também passo por isso por causa do meu processador, conheço algumas coisas que melhoram, não fazem milagre mas dão uma ajudada.

        1- Clica no botão Optimize do das opções do Dyntopo sempre que começar a ficar lento.
        2 – Marca a opção Backface Culling na barra de propriedades na sessão Shading.
        3 – Ativa a opção VBOs em file -> user preferences -> system, acho que dá uma melhorada também

      • Marcos Roberto disse:

        essa opção do VBO não tem mais na versão 2.77a, a única coisa que “infelizmente” funcionou para mim foi desabilitar a captura de material, esse material vermelho que o eduardo ensinou no video, deixando ele cinza no padrão do blender fica muito mais rápido para o modo escultura, pelo menos no meu PC.

      • Nao, realmente e um subdivide da malha a partir do ponto escolhido.
        Fiz um teste, o ruim e isso, faz para tudo e nao para regioes especificas (ou seja deixa pesado demais desnecessariamente)

      • É…não é isso pois o smooth não cria, organiza vertices.
        Ou o grab especifico do dyntopo (que o Edu ja explicou) ou dando subdivide mesmo

  15. Tarcísio Allyson disse:

    É obrigatório ter uma mesa digitalizadora pra aprender escultura digital?

    • Eduardo Garcia disse:

      Não mesmooo Tarcício, já vi esculturas incríveis feitas com o mouse.

      Eu só acho que precisa de mais habilidade pra controlar os traços, mas se você curte, já pode começar com o mouse mesmo, mas acho que investir na mesa no futuro é uma boa ideia.

  16. Fernando Braz disse:

    muito bom o video,quero aprender a esculpir utilizando o Blender.
    Parabéns pelo seu trabalho sempre que posso estou acompanhando seus tutoriais.

  17. Franci Bahamult disse:

    a minha caneta é uma bamboo simples é não tem botões, so consigo girar a tela presionando control é deslizando a caneta, como vc faz para dar zoom na tela com a caneta?

    • Eduardo Garcia disse:

      Franci, sem botões eu não faço ideia.

      Eu uso ctrl + botão da de baixo caneta pra zoom, botão de baixo pra rotacionar e shift + botao de baixo pra movimentar lateralmente.

      Talvez vc consiga definir algum botão pra isso nas configurações do blender ou usando um programa pra remapear.

  18. Rafael Santos disse:

    Sou meio noob ainda quero aprender a mudar a sculpt pra não ter simetria entre os 2 lados

  19. Daniel Castanha Figueiredo disse:

    Ei Eduardo! tudo bom?

    Muito legal o tutorial, só gostaria de saber o seguinte:

    Caso eu use o Multresolution para fazer a escultura, como faço para aplicar as edições da escultura no objeto para que ela se torne editável e eu possa fazer a Retopologia?

    Obrigado mesmo, seus tutoriais são muito legais cara!

    • Eduardo Garcia disse:

      Daniel, dá pra fazer por cima mesmo com o Muiltiresolution, mas se quiser dá pra aplicar com o botão Apply.

      Valeuu!!

      • Daniel Castanha Figueiredo disse:

        Pois é cara, tipo, por exemplo: eu crio um cubo, aplico Multresolution, e modelo no modo escultura. Até ai tudo bem, porém quando quando volto pro “object mode” ele continua sendo um quadrado. Ai quando mando aplicar o modificador ele continua sendo um cubo e eu perco o que fiz no modo escultura. Eita, não sei o que fazer 🙁

      • Eduardo Garcia disse:

        Tem algo errado aí, o apply deveria converter o multiresolution pra malha comum

  20. Wadans Aguiar disse:

    Eduardo me ajuda aqui. Cara não to conseguindo fazer as pálpebras dele.Não fica reto esse coiso eu passo tudo e sempre fica no formato mais arredondado olha aí. Qual ferramenta devo usar.Qual ferramenta devo usar?
    minha primeira experiencia com escultura

    • Eduardo Garcia disse:

      Muita boa primeira experiência, heheh

      Eu uso brush Crease pra fazer linhas na malha, ele normal vai fazer linhas em baixo relevo e ele invertido (ctrl pressionado) vai fazer curvas em alto relevo, assim vc pode desenhar sulcos e quinas/relevos.

  21. Sebastian Schiavinato disse:

    Nossa cara foi muito foda oque você fez e eu vou tentar fazer um dragão logo mais mas euq ueria saber se é possivel pintar a escultura, de modo a ficar perfeitinho?

  22. Igor Fernandes disse:

    e como e quando vou dar movimento ao moob

    #Super novato na área

  23. John Karyu disse:

    Muito bom cara, curti demais!
    Sempre quis saber mais sobre Sculpt!

  24. Luiz Sardagna disse:

    Eu gostaria da opinião de vcs é o primeiro q faço como fico

  25. Pedro Henrique disse:

    Muito bom o tutorial, estou criando um personagem kkkkkk, uma duvida que eu tenho, tem como cortar partes do molde? digamos: retirar o pé do personagem e usar em outro lugar?
    Outra duvida é como voce reutilizou as presas no bubasauro e como duplicar as esferas para fazer o olho?

    • Marcos Roberto disse:

      Cara comecei com o blender tem pouco tempo, mas para cortar partes acredito que você tenha q entra no modo edição para tal (TAB).
      Para duplicar eu consegui entrando no modo objeto, seleciona a esfera com o botão direito do mouse e aperta SHIFT+D, a mesma coisa para as presas.

  26. Marcos Roberto disse:

    Cara muito obrigado pelos seus tutoriais, são realmente muito bons, sou completamente novo no Blender e mesmo assim consigo acompanhar até com uma certa facilidade. Essa é a minha primeira escultura, longe de ser profissional, mas pra uma primeira até que eu gostei do resultado. Tive algumas dificuldades como no bulbo que não consegui utilizar o espelhamento radial, pois colocava o 5 no eixo z, porém ele não aplicava os detalhes simetricamente, ficava bem diferente, com profundidade e posições diferentes, então tive que fazer separadamente os detalhes. Talvez eu tivesse que determinar o centro do espelhamento ou algo do tipo, mas não consegui.

  27. Nubelson Fernandes disse:

    Progessor Eduardo, por favor diz-me uma coisa… É possível esculpir usando o mouse?

  28. Antonio Mauro de Sousa disse:

    Faço 3D técnico no Autocad e no Solid Works (fiz o curso mas não tenho praticado ultimamente). Estou iniciando no Blender e fiquei fascinado pelas possibilidades artísticas mostradas no tutorial. Foi muito elucidativo. Parabéns pelo trabalho.

  29. Chico Galba disse:

    https://uploads.disquscdn.com/images/c27dc94e7bd4ac03f7c3e07cfe149ca3faa177f35531cf53fd90a665bd3ce4eb.jpg
    Esse ai em cima é em SOLIDWORKS.
    Sempre fui Fã do Blender por ser Software Livre. Já usei modelar 3Dmax e Vuê, uso sketchup e Soldworks para projetos técnicos mas resolvi encarar o Blender de tanto fazer propaganda dele. Bom, tenho que começar!! E pra esse vídeo, coisa de especialista. Vou fuçar nesse site kkkkkkkkk..

  30. Leo pk disse:

    o curso ainda da para fazer ou ja mudaram muita coisa com o tempo ?

Deixe uma resposta